quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Quatro motivos para viajar sozinho




Image copyrightThinkstockImage capti

De férias em família a passeios com amigos ou em casal, os momentos mais memoráveis de nossas viagens costumam ser aqueles em que temos companhia.

Mas, às vezes, viajar sozinho pode abrir caminhos para experiências únicas que talvez fossem inviáveis quando é preciso negociar as vontades de um grupo.

Para descobrir mais sobre o assunto, a BBC Travel lançou no site de questionários Quora.com a pergunta: "Como é viajar sozinho?". Veja o que internautas de todo o mundo responderam.


Experiências inusitadas

"Quando eu viajo sozinha, me forço a conversar mais com todo o mundo e deixo meus planos abertos para qualquer novidade", conta Janice Waugh, autora do blog Solo Traveler. "Foi assim que acabei um dia vagando pelos becos de Lhasa, no Tibete, e acabei sendo convidada a conhecer uma casa de chá tradicionalmente só aberta para homens. Ou quando fui parar em um cassino clandestino em Xangai, na China, ou ainda andando de moto entre os lagos de Udaipur, na Índia."

Mario Wilson, de San Francisco, disse que viajar sozinho representa fazer perguntas sem julgar o interlocutor e abandonar os guias de turismo. "As experiências que eu realmente quero ter são aquelas que ocorrem por causa das pessoas que encontro. E essas pessoas eu encontro por causa de quem sou", explica. "No Camboja, por exemplo, um dos taxistas que peguei era um antigo membro do (antigo regime do) Khmer Vermelho. Passei a tarde toda conversando com ele sobre seu passado."


Melhores lugares para comer



"Se você é um foodie aventureiro, viajar sozinho é a melhor coisa", afirma o americano Stephen Ford, no Quora. "Se você quer provar coração de boi grelhado, curry de cabeça de peixe ou sanduíche de miolo de carneiro, não vai ter que discutir com outras pessoas que preferem a segurança de uma pizza ou de um hambúrguer."

Viajar sozinho também abre mais oportunidades para ter diferentes companhias para uma refeição a cada dia. "Uma das minhas perguntas favoritas para fazer aos nativos de um lugar é: ‘Onde você levaria sua família para almoçar?’", diz Wilson. "E se eu não falar a língua, peço para a pessoa me ajudar a escolher o prato e ofereço algo para ela também."

A vantagem do anonimato

Para alguns dos usuários do Quora, uma das maiores vantagens de viajar sozinho é poder se lançar com mais liberdade em aventuras que depois não serão lembradas por conhecidos.

Para Ford, trata-se de uma chance de remover "muletas culturais". "Quando se viaja sozinho, a ausência de companhia com a mesma origem cultural ajuda a pessoa a agir menos como turista e mais como local. E, assim, os locais tendem a tratar aquela pessoa de maneira diferente."

Solidão passageira

Viajar sozinho pode propiciar momentos de autoconhecimento e de conexões profundas, mas essas experiências não acontecem com todo minuto.

"Conectar-se com outras pessoas é algo que normalmente traz alegria: as risadas, as provocações, as piadas, as memórias... Essas são algumas das coisas mais maravilhosas da vida", escreve Kyle Pennell, americano radicado no México. "Às vezes, elas acontecem quando você está viajando sozinho".

Nos momentos mais solitários, ele recomenda simplesmente "estar pronto para a solidão, aceitá-la e deixá-la passar".

Por Lindsey Galloway da BBC Travel

terça-feira, 15 de setembro de 2015

10 PARQUES DE DIVERSÕES INCRÍVEIS AO REDOR DO MUNDO

Que ser criança é muito bom, ninguém tem dúvidas, e ainda bem que para voltar um pouquinho no tempo existem os parques de diversões. Reunindo marmanjos de todas as idades, os parques seguem por muitos anos como grandes atrativos em turismo e entretenimento, sendo que os que imperam entre todos eles são os da corporação gigantesca Disney.
É impressionante como os parques evoluíram de um simples balanço e escorregador, que já fazem a alegria de muitas crianças e até mesmo adultos, para gigantescos e tecnológicos complexos temáticos, do tamanho de uma cidade mágica cheia de fantasia, emoção e adrenalina. A primeira montanha russa patenteada, por exemplo, surgiu em 1885. Isso parece loucura comparado ao que encontramos hoje, cheias de loopings e circuitos malucos.
O mais interessante é que ninguém parece se cansar deles. Mesmo com preços salgados, justificados devido à manutenção do parque, o público está sempre lá, fazendo filas e mais filas. O Walt Disney World, na Flórida, teve lucro líquido de US$ 1,382 bilhão somente no primeiro trimestre de 2013.
Como nós também não nos cansamos, confira abaixo uma lista com 10 parques de diversões para se visitar:
1. Animal Kingdom da Disney, Orlando, Flórida
Se o seu negócio é aventura, saiba que neste enorme complexo, os visitantes podem ver 1700 animais de 250 espécies. O parque é credenciada pela Associação de Zoológicos e Aquários e da Associação Mundial de Zoos e Aquários.
park-ak
2. Parque PortAventura, Salou, Espanha
Este é o maior parque temático da Espanha, atraindo 4 milhões de visitantes por mês. Há 12 passeios e várias áreas temáticas, incluindo um baseado na encantadora Vila Sésamo.
park-portaventura
3. Universal Studios Singapore, Sentosa Island, Singapura
O parque possui 24 atrações localizadas dentro de sete áreas temáticas, incluindo Hollywood, Nova York, Sci-Fi City, Egito Antigo, O Mundo Perdido, Far Far Away e Madagáscar.
park-singapore
4. Disneyland Park, Anaheim, Califórnia
Palco de mais de 650 milhões de visitantes desde a abertura de suas portas, em 1955, este parque temático possui oito “terras” semelhantes aos encontrados no Walt Disney World Resort, embora New Orleans Square e Toontown de Mickey sejam suas exclusividades.
park-california
5. Beto Carrero World, Penha, Brasil
Simplesmente o maior parque temático da América Latina, que inclui shows, passeios e um jardim zoológico. No mundo animal, os visitantes podem conferir tigres, leões, primatas e outros mais. Entre as outras áreas, se incluem Avenida da Nação, Vila Germânica, Velho Oeste, Ilha do Pirata, Aventura Radical, Terra da Fantasia e um complexo automotivo.
park-betocarrero
6. Hollywood Studios da Disney, em Orlando, Flórida
O parque foi inspirado no cinema clássico dos anos 1930 e 1940 de Hollywood. É dividido em seis áreas temáticas, incluindo Hollywood Boulevard, Echo Lake, Streets of America, Animation Courtyard, Pixar Local e Sunset Boulevard.
park-holly
7. Magic Kingdom, Orlando, Flórida
Este foi o primeiro dos quatro parques Walt Disney World Resort a ser construído. É nele que se encontra o icônico castelo da Cinderela e é dedicado a compartilhar histórias de desenhos animados da Disney e contos de fadas. É dividido em seis distintas “terras”, cada uma com seu próprio tema: Main Street, EUA, Adventureland, Frontierland, Liberty Square, Fantasyland e Tomorrowland.
park-magick
8. Islands of Adventure da Universal, em Orlando, Flórida
Cada ilha deste enorme parque temático da Universal Studios tem a sua própria aventura, a partir do Marvel Super Hero Island para o Mundo Mágico de Harry Potter.
park-islandsadv
9. Europa Park, Rust, Alemanha
O parque possui áreas temáticas alemãs e francesas, 12 montanhas-russas, 16 shows, passeios na água e um playground indoor. Mas o mais impressionante são os 70 restaurantes e bares para escolher, cada um com seu próprio tema e gastronomia.
park-europa
10. Discovery Cove, em Orlando, Flórida
Com tudo incluso, este parque se restringe de convidados a 1300 pessoas por dia para garantir uma melhor experiência ao visitante. Os hóspedes podem interagir com os golfinhos, mergulhar com peixes tropicais e arraias, alimentar papagaios, tucanos e outras aves, passear ao lado de lontras e saguis e nadar na piscina do grande resort.
park-discoverycove
Fotos: Beto Carrero World, magicmomentstur, wdwfanzone, streght4thejourney, europapark-land, insidethemagic, gwizztravel, paneurotravel, wikimedia

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

22 dos hotéis mais isolados do mundo


Perfeito para pessoas que odeiam pessoas!

Do jeito que o Marcão gosta.


Por Gabriel H. Sanchez

1. Explora Patagonia na Patagônia, Chile









Na margem do Lago Pehoé do Chile e nas montanhas da Cordilheira Paine, o Explora Patagonia é praticamente o hotel mais fotogênico do mundo. Além disso, está a cerca de 170 milhas da cidade mais próxima, por isso é apenas você e esta lhama lá!

2. Sossusvlei Desert Lodge na Namíbia, África










O deserto da Namíbia é o tipo de lugar em que você acaba com a água após vagar sem rumo por três dias nas costas de um camelo. Mas, ao Sossusvlei Desert Lodge, você é recebido com um oásis de luxo com um jantar elegante e conforto. E nenhuma civilização por perto significa que você vai obter algumas das mais claras noites estreladas de todas.

3. Treehotel in Harads, Suécia

Lembra daquele sentimento de escalar uma árvore quando criança, com cada galho da árvore levando-o um pouco mais longe de todos os pais, professores e problemas pré-púberes do dia? Bem, o Treehotel da Suécia traz esse sentimento de volta com um toque de design e comodidades contemporâneos. Além disso, sem o terror de perceber que você está preso em uma árvore.

4. Wickaninnish Inn em Tofino, Canadá










Ficar no Wickaninnish Inn é um pouco como acampar. Mas com esfregador de costas, enseadas secretas e todas as ostras que seu coração deseja. Nada mal!

5. Lion Sands Reserve na África do Sul







No Lion Sands Game Reserve provavelmente você está mais propenso a ter uma conversa com um grande felino carnívoro do que com uma pessoa real. É perfeito para aqueles que desejam abandonar a cidade para uma experiência autêntica do “Rei Leão”. Hakuna matata!

6. Manta Resort na Ilha de Pemba









Nas águas ao largo da costa leste da África está um quarto de hotel flutuante onde os hóspedes podem literalmente dormir com os peixes. Definitivamente, não é o mais badalado quarto do mundo, mas vale a pena ficar, se esconder debaixo d’água caracteriza seu ódio profundo pela humanidade.

7. Hotel Villa Honegg em Ennetbürgen, Suíça







Aninhado contra o monte Bürgenstock da Suíça, é um hotel de 5 estrelas com uma vista de morrer. Imagine-se olhando para o Lago de Lucerna, bebendo um Rivella e desfrutando de um bom fondue de queijo – a milhas de distância de qualquer pessoa que poderia reconhecer seu rosto. Agora isso é a vida.

8. Viceroy Hotel em Bali, Indonésia







Por que não apenas pular em seu helicóptero privado e voar para o remoto Viceroy Hotel em Bali, Indonésia. Lá você vai encontrar serenidade absoluta em sua insana piscina infinita – apenas não nade perto da borda!

9. Adrère Amellal em Siuá, Egito










O Adrère Amellal é, literalmente, um oásis situado dentro do quente deserto egípcio. Claro, não espere eletricidade em um lugar tão isolado como este. Mas essa não é uma grande desculpa para evitar a comunicação com as pessoas?

10. Whitepod Hotel em Monthey, Suíça






O Whitepod Hotel o coloca em uma bola de golfe gigante com vista para Monthey, Suíça abaixo. Até 11.300 pés acima do nível do mar, você pode pensar consigo mesmo: “Olhe todos aqueles tolos lá em baixo, ignorando a maravilha e a alegria das minhas bolas gigantes”.


11. Amangiri Resort em Canyon Point, Utah











De acordo com o resort, Amangiri na verdade se traduz como “vale tranquilo” e está localizado em 600 acres protegidos do cênico deserto de Utah. Não há nada além de areia e rochas, tanto quanto os olhos podem ver. Além disso, tem essa piscina épica bem no meio!

12. Conrad Maldives Rangali Island nas Maldivas











O Conrad Maldives Rangali Island é o tipo de lugar em que você fica para se sentir como um vilão de James Bond durante o fim de semana. É acessível apenas por hidroaviões e oferece natação (e jantar) com tubarões. A dominação mundial tem um custo adicional.

13. Jade Screen Hotel em Huangshan, China






Há apenas um caminho até o Jade Screen Hotel e ele é subindo 60.000 degraus de pedra até o topo. Só não olhe para baixo!

14. Alila Jabal Akhdar Resort em Nizwa, Omã









Jabal Akhdar traduz-se em “A Montanha Verde” em árabe e oferece uma vista deslumbrante da cordilheira Al Hajar, em Omã. O aeroporto mais próximo está a 2,5 horas de distância de carro – abundância de espaço!

15. Icehotel em Jukkasjärvi, Suécia








O Icehotel da Suécia é exatamente o que seria umas férias no planeta Hoth. Exceto com mais vodca e menos Tauntauns.

16. Kasbah du Toubkal em Imlil, Marrocos





O Kasbah du Toubkal é um hotel 4 estrelas, localizado na base das montanhas do Alto Atlas, no Marrocos. Perfeito para relaxar, caminhadas e, geralmente, ficar bem longe das pessoas!

17. Fogo Island Inn em Fogo Island, NL, Canadá









O Fogo Island Inn está localizado em uma vila de uma ilha ao largo da costa nordeste de Newfoundland. Há apenas 29 quartos aqui, cada um com sua própria vista para o mar. Com certeza vale o passeio de balsa de duas horas para chegar lá!

18. Moraine Lake Lodge em Banff, AB, Canadá













O Moraine Lake Lodge oferece algumas das vistas mais deslumbrantes do Canadá. Incluídos com a estadia estão caminhadas com guia e canoagem no belo lago Moraine. A melhor parte: nenhuma multidão à vista!

19. Mashpi Lodge em Mashpi, Equador








Entre em contato com o seu Indiana Jones interior no Mashpi Ecuador Lodge, localizado no coração da floresta de nuvens Andina. Sim, eu disse floresta de nuvens.

20. Desroches Island Resort em Amirantes, Seicheles











Isso é quase o máximo do isolamento. Localizado em uma ilha remota de Seicheles, o Desroches Island Resort é um paraíso privado com águas azuis cristalinas, praias de areia branca e vistas oceânicas que vão fazer você desejar nunca ter que voltar para a civilização.

21. Hotel Arctic Ilulissat, Groenlândia







O Hotel Arctic é o hotel 4 estrelas mais ao norte do mundo, oferecendo vistas deslumbrantes sobre as águas geladas do Ártico e uma ótima cozinha da Gronelândia. A partir de um adorável banco de parque, você pode sentar e assistir a passagem de navios de cruzeiro que navegam no campo minado de icebergs. Diversão!

22. Longitude 131º na Rocha Uluru em Yulara, Austrália








O Longitude 131° oferece as acomodações mais próximas à icônica formação da rocha Uluru, da Austrália. E com apenas quinze espaços de dormir, é perfeito para quem gosta de um pouco de tempo sozinho sob as estrelas.